ENCONTRANDO ALEGRIA NA JORNADA

O título deste texto pode parecer clichê, mas às vezes Deus não quer nos ensinar coisas novas, e sim, nos lembrar de coisas que  sabemos e nos esquecemos. Como seria a nossa vida se praticássemos todas as coisas que  já  conhecemos  a respeito dEle?

Tenho andado ansiosa. Muito. Não uma ansiedade ruim, mas uma ansiedade de alguém que tem  uma  expectativa positiva  em relação a algo que sabe que vai acontecer. Algo que planejei há meses e faltam apenas duas semanas. DUAS SEMANAS!!! Algo com o qual sonhei, me esforcei e finalmente... está chegando! Já se sentiu assim? Tenho certeza que sim.

Fato é que essa ansiedade, que mais uma vez, não é uma ansiedade ruim, tem se tornado ruim no sentido de que leva  todos os meus pensamentos e toda a minha concentração se voltarem para esse acontecimento. E mesmo que  durante esse tempo de espera outras coisas importantes tenham acontecido, eu sempre pensava '' acaba logo, vamos pular para o fim de março''. 

Hoje me incomodei com esse pensamento. Fui lembrada de que algo que eu sei. Ás vezes olhamos nostálgicos para a vida e pensamos ''como as coisas passam depressa'', e somos os mesmos a pedir que elas não demorem, porque há algo de mais importante prestes a acontecer. 

Estamos tão preocupados com o dia de amanhã, com o nosso próximo destino, com o nosso grande plano de viajar, casar, começar a namorar, formar  ou conseguirmos aquele tão esperado emprego, que perdemos a beleza e o propósito  do HOJE. Achamos que esses GRANDES acontecimentos darão sentido à nossa vida ou resolverão os nossos problemas e esquecemos que toda a nossa vida já foi resolvida quando Jesus morreu na cruz por nós. Não há nenhum ''GRANDE ACONTECIMENTO'' que seja melhor ou mais importante do que esse.

E falando de Jesus, era incrível como Ele nunca estava focado no ''destino final''.  Em João 4:4, quando Jesus encontrou  a  mulher samaritana naquele poço, a Bíblia descreve que ''No caminho, teve de passar por Samaria''. Apesar de a bíblia não falar, nos  sabemos o por quê. Ele precisava. No caminho. Tenho certeza de que não era uma mera coincidência. Jesus foi intencional em sua jornada. Foi intencional em se encontrar com aquela mulher e oferecer à ela a água da vida. Ele veio para salvar a humanidade, mas NO CAMINHO, transformou a vida de milhares de pessoas, curou os enfermos, expulsou demônios, fez amigos. 

Isso me faz parar e refletir: Enquanto o grande acontecimento que tanto espero não chega, como posso aproveitar o meu tempo da melhor forma possível? Como posso ser feliz hoje? Como posso viver HOJE as promessas de Deus pra mim? 

O segredo está na Jornada. Mais especificamente em quem partilha a jornada comigo. Jesus é a própria alegria, e não importa em que ponto esteja a minha vida, se os meus sonhos parecem distantes ou se batem a porta. Ele é o autor da minha história, do meu tempo, da minha jornada. Ao lado dele, posso aproveitar a caminhada, antes mesmo de chegar ao destino. 

Lorena Rosas